Bolsas

Câmbio

Trump diz que Yellen e Cohn são possíveis escolhas para chair do Fed, diz WSJ

(Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, citou nesta terça-feira dois possíveis candidatos para comandar o Federal Reserve durante os próximos anos: a atual chair do Fed, Janet Yellen, e o conselheiro econômico de Trump, Gary Cohn, de acordo com uma entrevista ao Wall Street Journal.

Yellen, cujo mandato de quatro anos termina em fevereiro, “está na corrida, absolutamente”, para ser renomeada, disse Trump segundo o jornal. Além disto, Cohn, um ex-presidente da Goldman Sachs que agora é diretor do Conselho Econômico Nacional, “certamente será considerado”, disse.

Trump disse que provavelmente fará o anúncio no final do ano, segundo o jornal. Ele também disse, segundo a publicação, que há “dois ou três” outros candidatos, embora tenha se negado a identifica-los.

Qualquer nomeado ao Fed irá precisar de confirmação do Senado.

Os comentários de Trump podem acentuar a especulação sobre quem irá assumir o comando do banco central mais influente do mundo, que lidera uma mudança global em direção a uma política monetária mais apertada. Anteriormente neste mês, o Politico relatou que era cada vez mais improvável que Yellen tivesse outro mandato, enquanto Cohn era o principal candidato.

Cohn, um democrata que está administrando a busca da Casa Branca por candidatos, não trabalhou na campanha de Trump e só lhe conheceu após a eleição de novembro. “Eu ganhei grande respeito por Gary trabalhando com ele”, disse Trump de acordo com o jornal nesta terça-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos