Fiat Chrysler tem alta de 15% em lucro do 2º tri, mas endividamento decepciona

MILÃO (Reuters) - A Fiat Chrysler reportou nesta quinta-feira lucro operacional ajustado ligeiramente acima do esperado, ajudada por melhor desempenho na Europa e na América Latina e pela contínua firmeza dos negócios na América do Norte, seu principal mercado.

A sétima maior montadora do mundo teve lucro ajustado antes de juros e impostos (Ebit) de 1,87 bilhão de euros de abril a junho, alta de 15 por cento ano a ano e acima da estimativa média de analistas ouvidos pela Thomson Reuters, de 1,81 bilhão.

A receita ficou praticamente estável em 27,9 bilhões de euros, abaixo da média das projeções, de 28,9 bilhões de euros.

A dívida industrial líquida caiu para 4,2 bilhões de euros no fim de junho, de 5,1 bilhões de euros em março, mas ainda ficou acima do consenso de analistas, de 3,9 bilhões de euros.

A montadora ainda confirmou as projeções para o ano.

(Por Agnieszka Flak)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos