Bolsas

Câmbio

Saque de contas inativas do FGTS terá impacto de 0,61 p.p. no PIB deste ano, diz Planejamento

BRASÍLIA (Reuters) - O ministério do Planejamento informou nesta quarta-feira que o saque das contas inativas do Fundo de Garantia de Tempo de Serviço (FGTS), no valor total de 44 bilhões de reais, terá um impacto de 0,61 ponto percentual no Produto Interno Bruto (PIB) deste ano.

"O que vimos é que esses recursos ajudaram a reduzir o grau de endividamento das famílias e, ao mesmo tempo, contribuir com a melhoria do nível de atividade, principalmente via comércio, conforme apontam vários indicadores", disse o secretário de Planejamento e Assuntos Econômicos do Planejamento, Marcos Ferrari, em nota.

Se confirmado, o impulso deverá ser determinante para a atividade em 2017.

As estimativas oficiais do governo são de que o PIB subirá 0,5 por cento este ano, após dois anos de profunda recessão.

Para o mercado, contudo, a expansão será de apenas 0,34 por cento, conforme levantamento Focus mais recente, feito pelo Banco Central junto a uma centena de economistas.

(Por Marcela Ayres)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos