Bolsas

Câmbio

Governo italiano prorroga prazo para Telecom Italia fazer relatório sobre Vivendi, diz fonte

MILÃO (Reuters) - O governo da Itália prorrogou o prazo para a Telecom Italia apresentar um relatório detalhando o papel do seu principal acionista Vivendi no administração da empresa, disse uma fonte com conhecimento do assunto na quinta-feira.

O prazo foi estendido até 23 de agosto, segundo a fonte, acrescentando que o governo italiano instituiu uma investigação sobre o assunto, dando à Telecom Italia 10 dias para responder.

O governo da Itália está investigando se a Vivendi violou a obrigação de notificá-lo do controle efetivo de uma empresa considerada um ativo nacional estratégico.

A fonte disse que a Telecom Italia solicitou uma prorrogação deste prazo, que foi concedido. Um porta-voz do governo não estava imediatamente disponível para comentar.

A Vivendi possui 24 por cento da Telecom Italia e controla dos dois terços do conselho de administração da empresa. Em julho, a Vivendi colocou dois dos seus principais executivos no comando da empresa italiana.

Na segunda-feira, a gigante da mídia francesa disse não ter "controle de fato" sobre a Telecom Italia, conforme determina a lei local. Se a Vivendi reconhecesse esse controle, seria forçada a consolidar a dívida da Telecom Italia.

A investigação destina-se a determinar se a Vivendi realmente controla a Telecom Italia e se existem as condições prévias necessárias para que o governo exerça poderes especiais sobre o antiga empresa monopolista.

(Por Stephen Jewkes)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos