Lucro da Eletrobras desaba em trimestre marcado por plano de aposentadoria

SÃO PAULO (Reuters) - O lucro líquido da Eletrobras atribuído aos controladores caiu para 306 milhões de reais no segundo trimestre do ano, período marcado pelas adesões ao Plano de Aposentadoria Extraordinária (PAE), o qual gerou impacto de 706 milhões de reais sobre os resultados da companhia.

Ao todo, 2.097 funcionários aderiram ao PAE até 14 de julho, o que poderá representar, nos cálculos da empresa, economia de "quase" 874 milhões de reais por ano.

O lucro líquido da Eletrobras no trimestre foi 98 por cento menor sobre o resultado apurado um ano antes, segundo balanço divulgado no fim da noite de quinta-feira.

Em termos ajustados, a companhia estatal teve lucro de 162 milhões de reais, revertendo resultado negativo de 157 milhões sofrido um ano antes.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) do período foi de 3 bilhões de reais, queda anual de 87 por cento. O Ebitda ajustado foi de 1,9 bilhão de reais, alta de 83 por cento sobre o segundo trimestre de 2016.

A receita operacional líquida da Eletrobras desabou 72 por cento entre os trimestres, para 9,09 bilhões de reais. Os investimento também caíram, para 1,17 bilhão de reais (baixa de 49 por cento).

(Por Alberto Alerigi Jr. e José Roberto Gomes)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos