Linha de Transmissão Xingu-Terminal Rio obtém licença do Ibama

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibama emitiu a Licença de Instalação (LI) que autoriza o início das obras do Sistema de Transmissão Xingu-Terminal Rio e instalações associadas, que integrará o sistema da usina de Belo Monte, informou o órgão ambiental federal nesta sexta-feira.

Sob responsabilidade da empresa Xingu Rio Transmissora de Energia S.A., a Linha de Transmissão em Corrente Contínua 800 kV Xingu-Terminal Rio, com mais de 2,5 mil quilômetros, será a mais extensa do país, atravessando cinco Estados.

O empreendimento realizará a transmissão da energia gerada pela usina no Pará, com o objetivo de reforçar o Sistema Interligado Nacional (SIN) e aumentar a capacidade de intercâmbio de energia entre as regiões norte e sudeste.

Conforme o Ibama, a licença, concedida em 10 de agosto, estabelece 32 condicionantes e a destinação de mais de 35 milhões de reais para compensação ambiental.

Orçada em mais de 30 bilhões de reais, Belo Monte tem como principais acionistas as elétricas Eletrobras , Neoenergia, Cemig e Light , além da Vale , e dos fundos de pensão Petros e Funcef. [nL1N1K51PH]

(Por José Roberto Gomes)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos