Bolsas

Câmbio

BNDES ampliará em R$20 bilhões linha de crédito para capital de giro de MPMEs

BRASÍLIA (Reuters) - O governo anunciou nesta quarta-feira ampliação em 20 bilhões de reais de recursos do BNDES usados para financiamento de capital de giro de micro, pequenas e médias empresas, numa tentativa de fomentar a base da economia e geração de empregos.

O banco deve iniciar a partir da próxima segunda-feira a operação da linha BNDES Giro, que promete aprovar em segundos pedidos de crédito para capital de giro feitos a partir de aplicativo.

"Vinte bilhões parece pouco, mas é muito depois de muita seca do capital de giro da empresa brasileira", disse o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, durante o anúncio. Ele acrescentou que cerca de 200 mil MPMEs já são clientes do BNDES e poderão se beneficiar com a linha.

Segundo ele, o BNDES libera 4 bilhões de reais em crédito para capital de giro para o segmento de MPMEs por ano. No primeiro semestre, o total de desembolsos do banco foi de 33,5 bilhões de reais, dos quais 13,3 bilhões para MPMEs.

Castro afirmou ainda que o conselho do BNDES decidiu reduzir o spread bancário para a linha de capital de giro em 30 por cento, para 1,5 por cento. O ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira, presente ao evento, afirmou "outros bancos também estão reduzindo spreads" e que a fonte dos recursos adicionais para capital de giro será o próprio caixa do BNDES. "Não terá nenhum tipo de subsídio adicional do tesouro", acrescentou o ministro.

(Por Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos