Bolsas

Câmbio

Chinesa BYD fecha venda de 180 MW em módulos para usinas solares no Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - A chinesa BYD Company anunciou que fechou a venda de módulos fotovoltaicos com capacidade de 180 megawatts para um projeto de geração de energia solar no Brasil, segundo comunicado da empresa nesta quinta-feira.

A companhia, que abriu uma fábrica em Campinas (SP) para montar localmente os módulos, disse que os equipamentos foram comprados pela espanhola Cobra, do Grupo ACS, e que serão instalados na usina solar Guaimbê, que será construída em São Paulo.

O empreendimento da Cobra vendeu antecipadamente a produção em um leilão de contratação promovido pelo governo federal em 2014.

De acordo com a BYD, os módulos deverão ser entregues ao final de 2017.

"Com nossa nova fábrica em Campinas, estamos criando empregos e consolidando o mercado de geração solar no país. O Brasil está entre os países com o maior potencial de geração solar no mundo, e estamos felizes de liderar o fornecimento de painéis solares para grandes projetos no Brasil", disse o presidente da BYD Brasil, Tyler Li.

O executivo disse que a empresa pretende em 2018 começar a oferecer seus módulos solares para projetos de pequeno e médio porte, como instalações fotovoltaicas em telhados de residências e fábricas.

"Haverá uma revolução em projetos pequenos e médios através do país. Nós também queremos nos tornar líderes nesse segmento no Brasil", afirmou Li.

Maior fabricante global de baterias recarregáveis, a BYD disse que pretende começar a trazer a tecnologia de baterias de lítio de íon para sistemas elétricos ao Brasil em 2018.

(Por Luciano Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos