Bolsas

Câmbio

Acordo sobre Refis deve permitir arrecadação de até R$9 bi, diz Maia

BRASÍLIA (Reuters) - O acordo que está sendo costurado em torno do programa de refinanciamento de dívidas de empresas, o chamado Refis, deve garantir uma arrecadação entre 7 e 9 bilhões de reais, disse o presidente da Câmara dos Deputados, Rodigro Maia (DEM-RJ).

Segundo Maia, que está interinamente na Presidência da República devido à viagem do presidente Michel Temer à China, a medida provisória para estender a validade do Refis deve ser editada ainda nesta quarta-feira ou na manhã de quinta-feira.

A adesão ao programa terminava em 31 de agosto, e Maia já havia sinalizado nesta semana que o prazo deveria ser estendido.

Inicialmente, o governo estimava uma arrecadação de 13 bilhões de reais.

"O acordo que está sendo construído e essa possível prorrogação que nós vamos terminar de discutir hoje para o prazo da adesão vai nos garantir pelo menos esses 8, 9 bilhões de reais", afirmou Maia.

O Refis é importante para que o governo consiga cumprir a nova, e maior, meta de déficit primário, de 159 bilhões de reais para 2017 e 2018.

(Reportagem de Silvio Cascione)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos