Bolsas

Câmbio

Preço do petróleo recua 3% nos EUA com furacão Irma ameaçando demanda

NOVA YORK (Reuters) - Os contratos futuros do petróleo nos Estados Unidos caíram mais de 3 por cento nesta sexta-feira, por preocupações de que a demanda por energia seja fortemente abalada pelo furacão Irma, uma das tempestades mais poderosas em um século, que caminha em direção à Flórida e ao sudeste norte-americano.

O petróleo dos EUA fechou em queda de 1,61 dólar, ou 3,3 por cento, a 47,48 dólares por barril. O petróleo Brent fechou em queda de 0,71 dólar, ou 1,3 por cento, a 53,78 dólares por barril, após alcançar seu maior valor desde abril a 54,87 dólares.

Irma, o segundo grande furacão a se aproximar dos EUA em duas semanas, deverá atingir o sul da Flórida no domingo. A tempestade já matou 14 pessoas e destruiu ilhas no Caribe, com o furacão José a caminho das ilhas caribenhas de Leeward, logo atrás do Irma.

Seu antecessor Harvey, que atingiu o Texas em 25 de agosto, paralisou um quarto da capacidade de refino dos EUA, reduzindo acentuadamente a demanda por petróleo, o que derrubou os preços.

Até quinta-feira, cerca de 3,8 milhões de barris de capacidade diária de refino, ou cerca de 20 por cento, ainda estavam paralisados. A expectativa é de mais algumas semanas até que a indústria de petróleo dos EUA retome sua capacidade plena, disseram analistas.

No caso do Irma, analistas estão mais preocupados que a devastação provocada pela tempestade possa reduzir acentuadamente a demanda por energia.

(Por Julia Simon; reportagem adicional de Dmitry Zhdannikov, Christopher Johnson e Henning Gloystein)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos