Bolsas

Câmbio

Estoques de gasolina dos EUA têm queda recorde; estoques de petróleo sobem

NOVA YORK (Reuters) - Os estoques de gasolina dos Estados Unidos caíram em 8,4 milhões de barris na semana passada, a maior queda semanal desde que a Administração de Informações de Energia do EUA (AIE, na sigla em inglês) começou a monitorar os dados em 1990.

A queda ocorreu devido à passagem do furacão Harvey, que reduziu fortemente a capacidade de refino.

As taxas de utilização de refinarias dos EUA caíram para 77,7 por cento na semana passada, a menor taxa desde 2008, segundo a AIE.

Já os estoques de petróleo subiram 5,9 milhões de barris, ante expectativa de analistas de aumento de 3,2 milhões de barris.

"O impacto da temporada de furacões do Atlântico de 2017 continua a ser visto no relatório de hoje, com um aumento observado nos estoques comerciais de petróleo e retração em produtos refinados", disse Abhishek Kumar, analista sênior de energia no Global Gas Analytics, em Londres. "O foco agora muda para o cenário pós-Harvey", disse ele.

As exportações de petróleo dos EUA caíram para 6,5 milhões de barris por dia na semana encerrada em 8 de setembro, a menor taxa desde 2014, segundo a AIE, que divulgou os dados na quarta-feira.

As importações de petróleo caíram para 5,7 milhões de barris por dia na semana passada, a menor já registrada, segundo a AIE.

(Por Jarrett Renshaw)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos