Bolsas

Câmbio

Kassab diz que cassação de concessão não é melhor caminho para Oi

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab, disse nesta terça-feira que o melhor caminho para a operadora em recuperação judicial Oi é não haver caducidade de concessão, nem intervenção.

Sem mencionar valores, o ministro disse que uma solução de mercado depende de um aporte de recursos novos na empresa.

No fim de agosto, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou que iria analisar abrir processo de caducidade da concessão e de cassação das autorizações da Oi, que está em recuperação judicial.

"Se tiver intervenção, quem tem o controle hoje vai perder o controle. Então, é lógico que vai haver um entendimento e ela vai ter um parceiro o mais rápido possível", disse. Ele ponderou, entretanto, que se o processo de recuperação judicial não for bem concluído, "o gato sobe no telhado".

Uma assembleia de credores está marcada para o dia 9 de outubro e pode ser decisiva para o futuro da empresa.

MEIRELLES

Falando a jornalistas durante evento da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), Kassab disse que o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, filiado a seu partido, o PSD, "tem perfil de presidenciável", mas salientou que a legenda só discutirá a partir de janeiro uma eventual candidatura própria ao Planalto nas eleições de 2018.

Na semana passada, Meirelles, negou ser pré-candidato à Presidência da República, após o líder do PSD na Câmara Marcos Montes (MG), afirmar que ele recebera com entusiasmo o convite da bancada para disputar o Palácio do Planalto.

(Por Leonardo Goy)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos