Bolsas

Câmbio

Pedido de oração por economia tinha como objetivo ganhar apoio para a reforma, diz Meirelles

NOVA YORK (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta quarta-feira que o pedido de oração pela economia brasileira, feito por ele em vídeo enviado à Assembleia de Deus, tinha como objetivo "ganhar o apoio de todos os grupos relevantes para as reformas".

Meirelles participou de evento em Nova York promovido pelo Financial Times, ao lado do presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, e do presidente Michel Temer.

No vídeo, que circula em grupos no WhatsApp, Meirelles afirmou que a meta do governo é "fazer com que o país volte a ter emprego para todos" e que ele precisa "contar com a oração" de todos. [nL2N1LZ1AD]

Em Nova York, Meirelles também afirmou que novas regras de falência devem ser enviadas para o Congresso e que as reformas não precisam ter sempre um custo político.

Ao fim do evento, em conversa com jornalistas, o ministro ainda reforçou que o governo discute com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) a devolução de recursos para o Tesouro neste ano.

"Temos que ver as necessidades. O plano inicial é de 50 bilhões de reais", disse ele.

(Reportagem Christian Plumb)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos