Bolsas

Câmbio

Camil recebe multa de R$ 270 mi da Receita Federal e vai recorrer

SÃO PAULO, 4 Out (Reuters) - A Camil Alimentos informou que recebeu um auto de infração da Receita Federal de R$ 270 milhões, por suposta diminuição indevida da base de cálculo de impostos pelo ágio gerado na incorporação de quatro empresas, e disse que vai recorrer da decisão.

A Receita questiona a amortização nos exercícios 2011 a 2015 do ágio gerado pela incorporações das empresas Femepe, Canadá, GIF Codajas e Docelar, entre 2011 e 2012, disse a empresa em fato relevante.

O fisco autuou a empresa em R$ 198,4 milhões relativos ao Imposto de Renda e R$ 71,7 milhões referentes à Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

A Camil "reafirma seu entendimento de que o ágio foi constituído regularmente, em estrita conformidade com a legislação fiscal", e "esclarece que continuará a amortizar, para fins fiscais, o ágio, na forma da legislação vigente", disse a empresa, que recentemente estreou na bolsa paulista.

(Por Raquel Stenzel; Edição de Camila Moreira)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos