Bolsas

Câmbio

Bolsas dos EUA são pressionados por ações da GE e do setor de energia

NOVA YORK - Os índices acionários dos Estados Unidos caíram nesta terça-feira, com os papeis da General Eletric recuando pelo segundo dia seguido e uma queda dos preços do petróleo atingindo as ações de energia.

O Dow Jones caiu 0,13 por cento, a 23.409 pontos, o S&P 500 perdeu 0,23 por cento, para 2.578 pontos e o Nasdaq recuou 0,29 por cento, para 6.737 pontos.

A GE teve queda de 5,9 por cento, no maior volume diário em dois anos, com investidores duvidando se a enorme reestruturação promovida pelo novo presidente-executivo John Flannery será suficiente para reviver o conglomerado industrial

Energia foi o setor que mais caiu entre os 11 do S&P 500, com os preços do petróleo apresentando a maior queda em um mês. A Agência Internacional de Energia elevou a produção de petróleo nos EUA, prevendo um cenário sombrio para a demanda global.

As ações favorecidas por investidores que buscam dividendos foram as que tiveram melhor performance, com a curva de dividendos, o intervalo entre os rendimentos de títulos do governo dos EUA de curto e longo prazo, próximos de seu nível mais estável em uma década.

"As pessoas estão procurando por rendimento ao redor do mundo, então potencialmente há fluxos estrangeiros para as ações de melhor rendimento", disse o diretor de investimentos da Voya Investment Management, Paul Zemsky.

(Por Rodrigo Campos)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos