Bolsas

Câmbio

Empresa de construção peruana Graña y Montero diz que irá cooperar com investigação sobre Odebrecht

LIMA (Reuters) - A Graña y Montero, maior empresa de construção do Peru, espera conquistar grandes contratos relativos a minas para substituir negócios perdidos, disse o presidente do Conselho da companhia na sexta-feira, conforme busca minimizar as consequências de seus vínculos com a construtora brasileira Odebrecht, envolvida em escândalos de corrupção.

No início desta semana, um procurador disse que o escritório do procurador-geral estava investigando o envolvimento da Graña nos subornos de Odebrecht. A Graña repetidamente negou qualquer irregularidade.

"Estamos dispostos a cooperar com o processo de investigação, especialmente agora que eles declararam formalmente que estão seguindo adiante com as investigações", disse Augusto Baertl em entrevista.

Ele afirmou que as oportunidades para a Graña incluíam planos da Anglo American e Minsur de construir novas minas na segunda maior produtora mundial de cobre.

"Temos um relacionamento com a Anglo American devido aos projetos que temos com eles no Chile", disse Baertl. "E em Mina Justa ... estamos obviamente em contato permanente com a empresa, ansiosos para sermos convidados a participar do seu desenvolvimento".

A Anglo American disse que planeja investir 5 bilhões de dólares em sua mina Quellevaco, enquanto a Minsur espera investir 1,5 bilhão de dólares em seu projeto Mina Justa.

A capacidade da Graña de participar de licitações tem sido questionada devido aos seus laços com a Odebrecht, que admitiu ter desembolsado milhões de dólares em subornos para ganhar contratos governamentais no Peru, em outros países da América Latina e na África.

"Nós entendemos que não há nenhuma proibição para isso", disse Baertl, que se tornou presidente do Conselho em março.

(Por Marco Aquino)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos