Bolsas

Câmbio

Maia diz que líderes têm que contar votos para ver se dá para votar reforma da Previdência

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta terça-feira que os líderes dos partidos da base governista precisam ver quantos votos a favor da reforma da Previdência suas bancadas têm para avaliar se é possível colocar a matéria em votação.

Em entrevista ao chegar ao Congresso, Maia voltou a bater na tecla que só é possível colocar a proposta em votação quando o número de votos favoráveis superar os 308 necessários.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos