Nippon Paint faz oferta por Axalta, negociações sobre fusão com Azko Nobel terminam

Por Greg Roumeliotis e Toby Sterling

NOVA YORK/AMSTERDÃ (Reuters) - A Nippon Paint Holdings fez uma oferta em dinheiro na terça-feira para adquirir a empresa de revestimentos norte-americana Axalta Coating Systems, disseram duas pessoas familiarizadas com o assunto, encerrando as negociações de fusão entre a Axalta e a holandesa Akzo Nobel.

A Nippon Paint confirmou que fez "uma proposta" pela Axalta, mas se recusou a dar detalhes, acrescentando que não há garantia de que as duas chegarão a qualquer acordo

Axalta e Akzo Nobel disseram na terça-feira que puseram fim às negociações sobre uma "fusão de iguais" por não conseguirem chegar a um acordo.

A Axalta, cujo maior acionista é a Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, disse que seguiu buscando outras "alternativas de geração de valor", embora não tenha divulgado o papel da Nippon Paint, se houve, no encerramento das discussões.

A Nippon Paint, maior fornecedora de tintas do Japão, na qual a cingapuriana Wuthelam Holdings tem participação de 39 por cento, fez a oferta em dinheiro, com um prêmio em relação ao fechamento das ações na segunda-feira, a 33,54 dólares, disse uma das fontes. A oferta foi crível o bastante para que a Axalta encerrasse as negociações com a Akzo Nobel, acrescentou a fonte.

Não ficou claro quão longe as negociações com a Nippon Paint avançarão e a Axalta também poderia escolher entre se engajar em acordos com outras partes interessadas, afirmou a segunda fonte.

(Por Greg Roumeliotis e Toby Sterling)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos