Bolsas

Câmbio

Dólar tem leves oscilações ante real de olho em Powell e Previdência

Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar registrava leves oscilações ante o real nesta terça-feira, à espera da audiência no Senado norte-americano para confirmar a indicação do novo chair do Federal Reserve, Jerome Powell, e sinais de como será a condução da política monetária na maior economia do mundo.

A cena política interna também continuava no radar dos investidores, diante dos esforços do governo do presidente Michel Temer para tentar garantir votos e aprovar a reforma da Previdência.

Às 10:33, o dólar avançava 0,08 por cento, a 3,2228 reais na venda, depois de fechar a véspera em baixa de 0,38 por cento. O dólar futuro cedia cerca de 0,20 por cento.

"O mercado espera a sessão de perguntas e respostas (de Powell no Senado) em busca de pistas... sobre a política monetária", afirmou o operador da Advanced Corretora, Alessandro Faganello.

Às 12:45 (horário de Brasília), os parlamentares vão sabatinar Powell, indicado pelo presidente Donald Trump para substituir Janet Yellen como chair do Fed a partir do início de 2018.

Em declarações divulgadas na véspera de sua audiência no Comitê Bancário do Senado, Powell disse que o Fed precisa da habilidade "para responder decisivamente e com força apropriada" a novas ameaças à economia.

No exterior, o dólar tinha leve alta ante uma cesta de moedas e operava misto sobre moedas de países emergentes.

Internamente, o mercado seguia de olho nas notícias sobre as negociações para colocar em votação a reforma da Previdência. O Palácio do Planalto deve começar esta semana a batalha dos "50 votos" para conquistar apoio na base aliada a fim de tentar aprovar, com margem de segurança, a nova versão da reforma da Previdência em primeiro turno no plenário da Câmara dos Deputados.

Segundo uma fonte palaciana, o governo acredita ter entre 270 a 280 votos a favor do texto apresentado pelo deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA) na semana passada, menos do que os 308 votos necessários para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos