Bolsas

Câmbio

Pequim planeja fechar 1.000 empresas do setor de manufatura até 2020, diz Xinhua

PEQUIM (Reuters) - Pequim vai fechar 1.000 empresas da indústria manufatureira até 2020 com base em um plano de vários anos para reestruturar a economia do país, disse a agência de notícias oficial Xinhua neste sábado, citando uma autoridade municipal.

Os fechamentos fazem parte de uma iniciativa mais ampla para equilibrar e integrar as economias das cidades de Pequim, Tianjin e a província de Hebei.

Pequim, com 22 milhões de habitantes, tenta deter o crescimento populacional e realocar indústrias e o que chama de "funções não relacionadas com a capital"para Hebei, com o intuito de frear a poluição e reduzir congestionamentos.

Neste ano, serão fechadas 500 empresas de manufatura e 176 mercados e centros de logística. Diversas universidades e hospitais em áreas de subúrbio serão realocadas, segundo Liu.

O governo estima um gasto 12,2 bilhões de iuanes (1,9 bilhão de dólares) em realocações, de acordo com o esboço de um relatório de orçamento de 2018.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos