Bolsas

Câmbio

Número de empresas inadimplentes no Brasil bate recorde em dezembro, diz Serasa

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil fechou 2017 com um número recorde de 5,3 milhões de empresas inadimplentes, informou nesta quinta-feira a consultoria especializada em informações de crédito Serasa Experian.

Em relação a dezembro de 2016, houve um acréscimo de cerca de 500 mil CNPJs com dívidas em atraso --alta de 10,8 por cento. O montante alcançado pelas dívidas das empresas também foi recorde: 122,9 bilhões de reais, ante 111,6 bilhões de reais em dezembro de 2016.

A pesquisa da Serasa passou a ser realizada em março de 2016.

Segundo os economistas da Serasa Experian, a recuperação da economia em 2017 não foi suficiente para superar os impactos da longa e intensa recessão de 2015/16 sobre a saúde financeira das empresas.

"Adicionalmente, as dificuldades de acesso ao crédito, especialmente para as micro e pequenas empresas, prejudicam a gestão financeira das companhias", afirmaram, em relatório.

A região Sudeste liderava o ranking, com 54,2 por cento do total das empresas em situação de inadimplência no país, seguido pelo Nordeste (16,3 por cento), Sul (15,6 por cento), Centro-Oeste (8,6 por cento) e Norte (5,3 por cento). 

O Estado de São Paulo sozinho abrigava 32,9 por cento do total de empresas com dívidas em atraso, seguido por Minas Gerais (11 por cento), e Rio de Janeiro (8,3 por cento).

Segundo a Serasa Experian, o setor de serviços tinha o maior número de empresas no vermelho em dezembro, com 47,4 por cento do total, seguido pelo comércio (43,1 por cento) e pela indústria (8,6 por cento).

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos