PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Lucro da Estácio sobe 62% para R$197,4 mi no 1º trimestre

26/04/2018 09h22

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo de educação Estácio Participações teve lucro líquido de 197,4 milhões de reais no primeiro trimestre, alta de 62 por cento ante mesmo período de 2017, em meio a um avanço da receita operacional e queda nos custos dos serviços prestados.

O resultado operacional medido pelo lucro ante de juros, impostos, depreciação e amortização somou 330,1 milhões de reais, alta de 53,7 por cento. A margem Ebitda avançou 9,1 pontos percentuais, para 35,3 por cento.

A receita líquida operacional subiu 14,2 por cento na comparação anual, para 935,7 milhões de reais.

Os custos com serviços prestados recuaram 8,5 por cento, puxado pela queda de 10,6 por cento nos gastos com pessoal, após a empresa ter realizado em dezembro uma reestruturação interna, com a demissão de centenas de professores.

O crescimento da receita líquida operacional, segundo a Estácio, foi impulsionado pela campanha de Diluição Solidária, que dá ao estudante a oportunidade de pagar 49 reais nos meses de captação, com impacto de positivo de 128 milhões de reais.

A Estácio adicionou no primeiro trimestre 143,5 mil alunos de gradução presencial e de ensino a distância (EAD), ante 148,3 mil no mesmo período do ano anterior. Mas como o período de captação se estendeu a abril, até o fim de abril a captação somou 165,8 mil alunos ante 160,2 mil no mesmo período de 2017.

A Estácio fechou março com 546 mil alunos, alta de 0,7 por cento na comparação anual, puxada pelo crescimento de 16,9 por cento nos alunos EAD, já que no ensino presencial a base de alunos recuou 6,7 por cento.

O ticket médio no ensino presencial subiu 17,6 por cento para 789,80 reais, enquanto na educação à distância o avanço foi de 28,5 por cento, a 267,40 reais.

(Por Raquel Stenzel)