PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Eletropaulo não atrai nova oferta e briga por elétrica fica entre Enel e Neoenergia

24/05/2018 16h56

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A distribuidora de energia Eletropaulo não recebeu novas ofertas públicas de interessados na aquisição da companhia, o que deixa a disputa pela compra da elétrica restrita apenas à italiana Enel e à Neoenergia, controlada pelo grupo espanhol Iberdrola, segundo comunicado da empresa nesta quinta-feira.

Sem novos interessados, Enel e Neoenergia poderão fazer novas propostas pela compra da Eletropaulo em um leilão público de ofertas agendado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para 4 de junho.

Mais cedo nesta quinta-feira, a Eletropaulo disse que as empresas só poderão apresentar seus lances no leilão, devido a uma decisão judicial obtida pela Neoenergia.

Antes, Enel e Neoenergia deveriam apresentar suas últimas ofertas pela companhia nesta quinta-feira, e só haveria espaço para novos lances se surgisse um novo proponente na licitação.

Nesse caso, o vencedor da disputa já seria conhecido nesta quinta-feira caso não surgisse nenhum novo interessado.

Até o momento, a oferta mais alta apresentada pela Eletropaulo é da Enel, de 32,20 reais por ação da companhia, o que poderia envolver 5,39 bilhões de reais pela totalidade da elétrica.

A Neoenergia fez um lance de 32,10 reais, mas o presidente da companhia, Mario Ruiz-Tagle, disse à Reuters nesta semana que a empresa está preparada para elevar seu lance, embora com limites, por uma questão de cautela financeira.

A briga entre as elétricas europeias Enel e Iberdrola pela Eletropaulo representa também uma disputa pela liderança no mercado brasileiro de distribuição de eletricidade, uma vez que qualquer uma das companhias que ficar com a distribuidora assumirá a ponta no setor, ultrapassando a atual líder CPFL, controlada pela chinesa State Grid.

(Por Luciano Costa)