Bolsas

Câmbio

Índices dos EUA fecham em queda por novas preocupações de guerra comercial, mas sobem no mês

Por April Joyner

NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos caíram nesta quinta-feira após os Estados Unidos decidirem impor tarifas sobre importações de metais de Canadá, México e União Europeia, levando a medidas retaliatórias de alguns de seus parceiros comerciais.

O Dow Jones <.DJI> caiu 1,02 por cento, a 24.415 pontos, o S&P 500 <.SPX> perdeu 0,69 por cento, a 2.705 pontos, e o Nasdaq Composite <.IXIC> recuou 0,27 por cento, a 7.442 pontos.

No mês, no entanto, o S&P 500, Dow e Nasdaq tiveram seus maiores ganhos percentuais desde janeiro. O índice de pequenas empresas Russell 2000 <.RUT>, cujos que integram tendem a ser focados internamente, teve seu maior ganho percentual mensal desde setembro.

Na quinta-feira, o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, disse que tarifas de 25 por cento sobre importações de aço e de 10 por cento sobre importações de alumínio de seus aliados entram em vigor na sexta-feira.

O México respondeu anunciando que vai impor medidas sobre produtos agrícolas e industriais dos EUA, inclusive aço.

O Canadá disse que irá impor tarifas em retaliação sobre 12,8 bilhões de dólares em exportações dos EUA e questionar as tarifas de aço e alumínio sob o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês) e na Organização Mundial de Comércio (OMC).

(Reportagem adicional de Medha Singh)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos