Bolsas

Câmbio

Maia nega que irá desistir de candidatura à Presidência

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente da Câmara e pré-candidato do DEM à Presidência, deputado Rodrigo Maia (RJ), negou nesta sexta-feira que esteja pensando em desistir de sua candidatura ao Palácio do Planalto, e chamou de "especulação" as notícias publicadas recentemente a respeito.

Maia negou que esteja negociando sua possível desistência com os pré-candidatos Ciro Gomes, do PDT, e Geraldo Alckmin, do PSDB, em troca de um eventual futuro apoio deles para a sua reeleição à presidência da Câmara.

"Isso é especulação, e eu só contesto quando a informação é verdadeira. Deixa o pessoal falar. Para alguns jornais já estou apoiando o Ciro e nem falei com ele ainda. Não dá para especular sobre nada", disse Maia a jornalistas após evento na Câmara Espanhola de Comércio, no Rio.

"Não teve nenhuma conversa com Alckmin também", acrescentou.

Maia garantiu que sua candidatura vai bem, apesar do baixo índice na pesquisas de intenção de voto, e disse acreditar que seu nome representa uma mudança de rumo para o país.

"O Brasil precisa de mudança e oportunidade para aqueles que não governaram ainda o Brasil, e o DEM ainda não governou o Brasil. Acho que é um bom momento para isso", disse.

"Minha candidatura vai bem e não há nenhuma mudança".

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos