ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Nowotny, do BCE, vê mais riscos políticos do que econômicos para a estabilidade financeira

20/06/2018 10h50

VIENA (Reuters) - Os riscos para a estabilidade financeira na Europa são atualmente mais políticos do que econômicos, disse o membro do Banco Central Europeu Ewald Nowotny nesta quarta-feira.

Nowotny, que comanda o banco central da Áustria e é membro do Conselho do BCE, também disse em entrevista à imprensa que o recente enfraquecimento do euro em relação ao dólar deve-se em grande parte à divergência das taxas de juros.

A União Europeia está lutando para lidar com uma crise migratória, o aumento do nacionalismo em alguns Estados membros, a saída iminente do Reino Unido do bloco, a guerra comercial com os Estados Unidos e outros desafios.

"No geral, há mais riscos para a estabilidade financeira na Europa do lado político do que econômico", disse Nowotny.

Ele acrescentou que é cedo demais para avaliar um novo acordo franco-alemão para introduzir um orçamento da zona do euro.

A chanceler alemã Angela Merkel e o presidente francês Emmanuel Macron concordaram na terça-feira em criar um orçamento da zona do euro encarregado de aumentar o investimento no bloco monetário e promover a convergência econômica entre seus 19 países-membros.

"É importante que haja uma distinção clara entre política monetária e fiscal", disse Nowotny.

Os problemas bancários da Itália não devem afetar outros bancos europeus, já que os bancos italianos são relativamente independentes, disse ele, acrescentando que alguns grandes bancos italianos fizeram progressos significativos na limpeza de seus balanços.

(Por Kirsti Knolle)

Mais Economia