Bolsas

Câmbio

BB Seguridade vende divisão SH2 para Mapfre por R$ 2,4 bi

Aluísio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A BB Seguridade anunciou nesta terça-feira (26) a venda de sua fatia numa joint venture para a sócia Mapfre, negócio que inclui seguros automotivo e de grandes riscos, por R$ 2,4 bilhões, numa tentativa de melhorar os níveis de rentabilidade.

O acordo, que vinha sendo costurado desde fevereiro, permitirá à BB Seguridade, que reúne os negócios de seguros e previdência do Banco do Brasil, tenha um consumo de capital R$ 1,8 bilhão menor, valor que será distribuído aos acionistas como um dividendo extraordinário.

"Temos expectativa positiva de que possa acontecer ainda neste ano", disse o presidente da BB Seguridade, José Maurício Pereira Coelho, à agência Reuters, referindo-se ao pagamento extra, o que deve implicar um dividend yield adicional equivalente a 3,6% em 2018.

O movimento conclui um esforço da BB Seguridade para sair de áreas de negócios como seguro automotivo e grandes riscos, que têm tido receitas fracas e exigido grandes somas de capital, num momento em que as receitas financeiras cadentes, pressionando ainda mais o lucro do grupo.

Às 10h45, as ações da BB Seguridade subiam 0,2%, enquanto o Ibovespa recuava 0,3%.

No primeiro trimestre, o lucro da BB Seguridade caiu 8,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, enquanto o retorno anualizado sobre o patrimônio líquido médio teve queda de 6,9 pontos percentuais ano a ano. A expectativa da empresa é de que esse indicador tenha uma virada em 2019. 

A operação depende de aval de reguladores incluindo Banco Central, do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Segundo Coelho, o movimento também permitirá à BB Seguridade também elevar seus níveis de rentabilidade mais adiante, já que a saída de ramos como seguro automotivo e grandes riscos, vai também consumir menos capital no futuro.

"Isso deve elevar bastante o retorno sobre o patrimônio líquido", disse Coelho. "Vamos precisar de menos capital para ter mais lucro".

Há vários trimestres, os principais executivos da BB Seguridade vinham mostrando insatisfação com o desempenho de negócios do segmento SH2, que têm pressionado o lucro do grupo e simultaneamente exigido maiores alocações de capital.

O grupo Mapfre manterá a exclusividade na venda dos seguros de automóvel e de grandes riscos no canal bancário do BB. A Mapfre também leva a Brasilveículos, negócio cujo valor poderá sofrer ajustes até 2031, com base em métricas de desempenho.

(Edição de Flavia Bohone)

Veja dicas para economizar combustível no seu carro

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos