ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Ibovespa fecha no azul amparado em ganhos de ações atreladas a commodities

26/06/2018 17h03

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice acionário da B3 fechou no azul nesta terça-feira, amparado nos ganhos de ações atreladas a commodities, incluindo Petrobras, em dia de agenda esvaziada.

O Ibovespa fechou em alta de 0,64 por cento, a 71.404 pontos. O giro financeiro somou 8,57 bilhões de reais.

Após operar no vermelho mais cedo, quando chegou a cair pouco mais de 1 por cento no pior momento do dia, a melhora nos preços internacionais do petróleo ajudou a dar fôlego ao mercado acionário local, que fechou no azul pelo terceiro dia seguido.

Segundo profissionais de renda variável, a ausência de notícias com potencial de determinar um rumo claro para a bolsa paulista abre espaço para volatilidades, movimento que deve prevalecer enquanto seguem as incertezas diante do panorama político-eleitoral.

Neste cenário, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), remeteu para decisão do plenário da corte o julgamento de um recurso apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que pede a liberdade do petista, preso desde o início de abril.

"O mercado todo vai demorar um pouco para reagir e a volatilidade deve tomar conta ao longo dos próximos pregões", disse o analista da Um Investimentos Aldo Moniz, que mantém uma visão de recuperação a médio e longo prazo, com o índice acima dos 80 mil pontos ao final do ano.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON subiram 2,17 por cento e 2,38 por cento, respectivamente, firmando-se em alta após a aceleração dos ganhos do petróleo no mercado internacional.

- VALE ON avançou 2,5 por cento, anulando as perdas vistas no início do pregão e acompanhando os ganhos do minério de ferro à vista para entrega no porto chinês de Qingdao.

- BR MALLS ON subiu 7,7 por cento, liderando as altas do Ibovespa, após a equipe do Morgan Stanley melhorar a recomendação das ações para overweight. MULTIPLAN ON, que teve a recomendação elevada para equalweight pelo mesmo banco, avançou 4,89 por cento.

- FLEURY ON avançou 6,27 por cento, também entre os destaques positivos do índice, depois que analistas do UBS ajustaram a recomendação das ações para "compra", ante "neutra", embora o preço-alvo tenha sido cortado para 30 reais, de 31,50 reais.

- BB SEGURIDADE ON subiu 0,61 por cento, ao final de uma sessão volátil em que o papel oscilou entre alta de 2,8 por cento e queda de 0,82 por cento, na esteira da venda de sua fatia numa joint venture para a sócia Mapfre.

- ELETROBRAS PNB caiu 4,11 por cento e ELETROBRAS ON perdeu 2,65 por cento, conforme segue sem ser votado o requerimento de urgência na Câmara dos Deputados para o projeto de lei que viabilizaria a privatização das distribuidoras da empresa.

- BRADESCO PN recuou 0,54 por cento e ITAÚ UNIBANCO PN teve baixa de 0,33 por cento, limitando o movimento de alta do Ibovespa devido à relevância desses papéis em sua composição.

(Por Flavia Bohone)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia