Bolsas

Câmbio

Petróleo nos EUA atinge máxima de 3 anos e meio por receios sobre sanções ao Irã

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo avançaram nesta quinta-feira, com a cotação do barril nos Estados Unidos atingindo uma máxima de três anos e meio, em meio a receios sobre a oferta devido a sanções norte-americanas que podem causar uma grande queda nas exportações do Irã.

Os contratos futuros do petróleo dos EUA (WTI) subiram 0,69 dólar, quase 1 por cento, para 73,45 dólares o barril. Durante a sessão, a commodity atingiu 74,03 dólares, a máxima desde 26 de novembro de 2014.

O petróleo Brent fechou em alta de 0,23 dólar, a 77,85 dólares por barril.

Os EUA exigiram nesta semana que aliados parassem de importar petróleo iraniano a partir de novembro, uma posição dura que a administração Trump espera que corte o financiamento de Teerã.

Nesta quinta-feira, autoridades disseram que trabalhariam com os países em modelo caso a caso. A China, maior importador do óleo do Irã, não se comprometeu com a posição norte-americana.

"As sanções tentam isolar o Irã um pouco mais, e que isso potencialmente corte mais petróleo da arena global como um todo", disse Mark Watkins, um estrategista de investimentos regional no U.S. Bank Wealth Management.

"Se você tira o óleo iraniano do mercado, então você têm uma diminuição na oferta e de todas as maneiras, isso colocará mais pressão para que o preço suba."

(Por Stephanie Kelly; Reportagem adicional por Christopher Johnson e Henning Gloystein)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos