PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Índices acionários chineses caem após yuan atingir mínima de 2 semanas

18/07/2018 07h42

XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China reverteram os ganhos iniciais e fecharam em queda nesta quarta-feira, uma vez que o yuan mais fraco pressionou os papéis de incorporadoras imobiliárias e de empresas aéreas.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,5 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,35 por cento.

O yuan atingiu a mínima de duas semanas contra dólar nesta quarta-feira, rompendo o nível de 6,7 por dólar.

As empresas imobiliárias, cujo valor está ligado ao interesse estrangeiro por ativos em iuanes, caíram mais de 2 por cento, enquanto as empresas aéreas, que ficaram sobrecarregadas com grandes empréstimos em dólar, também recuaram.

No restante da região asiática, a perspectiva otimista do presidente do banco central dos Estados Unidos, Jerome Powell, impulsionou o índice japonês Nikkei para uma alta de 0,43 por cento, máxima de um mês.

  • Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 0,43%, a 22.794 pontos.
  • Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 0,23%, a 28.117 pontos.
  • Em Xangai, o índice SSEC perdeu 0,35%, a 2.788 pontos.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 0,5%, a 3.432 pontos.
  • Em Seul, o índice Kospi teve desvalorização de 0,34%, a 2.290 pontos.
  • Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 0,59%, a 10.842 pontos.
  • Em Singapura, o índice Straits Times valorizou-se 0,03%, a 3.240 pontos.
  • Em Sydney, o índice S&P/ASX 200 avançou 0,67%, a 6.245 pontos.