PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Tempo seco e quente pode reduzir colheita de beterraba sacarina da UE

14/08/2018 15h47

Por Gus Trompiz e Michael Hogan

PARIS/HAMBURGO (Reuters) - O tempo escaldante que ressecou as regiões produtoras no norte da Europa também prejudicou as plantações de beterraba sacarina e poderia deixar a produtividade da colheita da União Europeia muito abaixo dos excelentes níveis do ano passado.

O executivo da UE já projetou uma queda na produção de açúcar do bloco em 2018/19, depois que pesadas chuvas atrasaram o plantio de primavera. E o verão quente na França, na Alemanha, na Polônia e no Reino Unido, os maiores produtores, poderia acentuar ainda mais a redução.

Porém, com cerca de uma mês da temporada de cultivo faltando, a beterraba sacarina poderia se recuperar se o tempo ficar mais ameno e após chuvas que aconteceram na semana passada, disseram observadores das lavouras.

Na França, o grupo de produtores CGB espera atualmente que o rendimento fique na médias dos últimos anos.

"As condições das safras estão muito mistas, então é difícil fazer previsões", disse Timothe Masson, da CGB. "Mas não vamos chegar ao nível alcançado no ano passado."

A CGB também previu que a produtividade geral da UE deve recuar para a média dos anos recentes, o que pode reduzir a produção de açúcar do bloco em 1,5-2 milhões de toneladas, versus 21 milhões em 2017/18, acrescentou Masson.

(Por Gus Trompiz e Michael Hogan; Reportagem adicional por Ana Ionova)