ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Reino Unido investiga ligações britânicas em caso de lavagem de dinheiro envolvendo Danske Bank

21/09/2018 07h10

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido abriu uma investigação sobre o uso de empresas registradas no Reino Unido em suspeita de lavagem de dinheiro envolvendo o banco Danske, da Dinamarca, informou a Agência Nacional de Crimes (NCA, na sigla em inglês) nesta sexta-feira.

    Entidades russas e britânicas dominam uma lista de contas usadas para fazer 200 bilhões de euros em transações através da filial de Danske na Estônia entre 2007 e 2015, muitas das quais o banco disse serem suspeitas.

    Em 2013, o número de clientes registrados no Reino Unido no portfólio de não residentes da filial havia chegado a 1 mil, revelou uma investigação do Danske, à frente de clientes da Rússia, das Ilhas Virgens Britânicas e da Finlândia.

    Uma porta-voz disse que a NCA estava trabalhando com parceiros do governo para restringir a capacidade dos criminosos de usarem empresas registradas no Reino Unido em lavagem de dinheiro.

    Thomas Borgen, presidente-executivo do Danske, renunciou em 19 de setembro depois que uma investigação encomendada pelo próprio banco expôs falhas de controle e compliance no passado na Estônia.

    Borgen, de 54 anos, era responsável pelas operações internacionais do Danske Bank, incluindo a Estônia, entre 2009 e 2012.

    Bill Browder, um investidor dos EUA, apresentou queixas criminais contra o Danske na Dinamarca e na Estônia em julho.

(Por Pamela Barbaglia, com reportagem adicional de Teis Jensen em Copenhague)

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia