ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Vendas de supermercados do Brasil crescem 3,64% em agosto, diz Abras

28/09/2018 17h28

Por Gabriela Mello

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas de supermercados no Brasil em agosto cresceram 3,64 por cento em termos reais ante igual período de 2017 e 1,35 por cento sobre julho, informou nesta sexta-feira a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

No acumulado em 2018 até agosto, o setor teve alta real de 1,99 por cento ante mesmo intervalo de 2017.

Em termos nominais, as vendas de supermercados cresceram 7,97 por cento no mês passado e 5,48 por cento no ano.

"Após mostrar desaceleração no acumulado de julho, o autosserviço brasileiro voltou a crescer em agosto", disse o presidente da Abras, João Sanzovo Neto, em nota. "No atual cenário econômico e político instável do Brasil, manter números positivos é muito significativo", acrescentou.

No fim de julho, a Abras reduziu para 2,53 por cento a projeção de alta das vendas do setor supermercadista em 2018, ante estimativa inicial de 3 por cento, diante da previsão de menor crescimento do PIB para o ano, a alta do dólar e a queda na produção industrial.

Ainda segundo a pesquisa, o preço da cesta de produtos Abrasmercado em agosto caiu 1,26 por cento sobre julho, para 458,53 reais. Os itens que mais se desvalorizaram mês a mês foram cebola (-21,13 por cento), batata (-12,23 por cento), massa sêmola espaguete (-6,87 por cento) e tomate (-6,38 por cento). Na outra ponta, xampu, farinha de trigo, extrato de tomate e desinfetante foram os produtos que mais encareceram.

Regionalmente, o Sudeste registrou a maior queda na variação da cesta Abrasmercado (-2,26 por cento), seguido pelo Sul (-2,03 por cento), Nordeste (-1,61 por cento), Norte (-0,25 por cento) e Centro-Oeste (-0,17 por cento).

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia