PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Draghi, do BCE, defende independência do banco central em meio a ataques da Itália

26/10/2018 11h30

BRUXELAS (Reuters) - Os bancos centrais devem permanecer independentes dos governos para controlar a inflação, disse o presidente do Banco Central Europeu (BCE) nesta sexta-feira, ao ser atacado pelo governo italiano por seus comentários sobre a situação do país.

"O banco central não deve estar sujeito a um domínio fiscal ou político e deve ser livre para escolher os instrumentos mais apropriados para cumprir seu mandato", disse ele, em italiano, em uma audiência em Bruxelas.

(Por Balazs Koranyi)