ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Lucro líquido da Copel cai 13,4% no 3º tri; Ebitda cresce

09/11/2018 09h26

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia Paranaense de Energia (Copel) registrou lucro líquido de 361 milhões de reais no terceiro trimestre, queda de 13,4 por cento na comparação anual, com a geração de caixa crescendo em meio a reajustes tarifários e maior volume de energia vendida.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) avançou 23,1 por cento no trimestre, para 785,6 milhões de reais. A margem Ebitda passou para 18,2 por cento, de 17,5 por cento um ano antes.

Em balanço divulgado na noite de quinta-feira, a Copel disse que o Ebitda do trimestre foi impactado por reajustes nas tarifas aplicados em junho de 2018 e junho de 2017 às linhas de transmissão que a Copel GeT possui participação, pelo maior volume de energia vendida a consumidores finais, bem como "pelo crescimento de 1,7 por cento no mercado fio e pelo reajuste tarifário da Copel Distribuição em 24 de junho de 2018".

A empresa ponderou, contudo, "esses impactos foram parcialmente compensados pela piora no cenário hidrológico, pelo maior PLD médio e pela maior cotação do dólar" no trimestre, marcado por forte volatilidade em razão do cenário eleitoral.

A receita operacional da Copel cresceu 18,3 por cento entre julho e setembro ante igual intervalo de 2017, para 4,3 bilhões de reais.

O total de energia vendida pela Copel, composto pelas vendas da Copel Distribuição, da Copel Geração e Transmissão, dos Complexos Eólicos e da Copel Comercialização em todos os mercados, atingiu 11.056 GWh no terceiro trimestre de 2018, crescimento de 12 por cento.

(Por José Roberto Gomes)

Mais Economia