PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Preço do petróleo nos EUA despenca 7% para mínima em um ano

13/11/2018 19h29

NOVA YORK, 13 Nov (Reuters) - Os preços do petróleo despencaram nesta terça-feira (13) com a referência dos Estados Unidos registrando sua maior queda diária em mais de três anos, pressionados pelo receios sobre o enfraquecimento da demanda global e sobre o excesso de produção.

Os contratos futuros do petróleo dos EUA (WTI) fecharam em queda de US$ 4,24, ou 7,1%, a US$ 55,69 o barril, mínima desde novembro de 2017.

A queda foi a maior perda diária percentual para o contrato desde setembro de 2015 e a 12ª segunda seguida, uma série recorde.

O WTI já perdeu 28% desde o seu pico no começo de outubro.

Os futuros do petróleo Brent, referência no mercado, caíram US$ 4,65, ou 6,6%, para US$ 65,47 por barril, o seu maior declínio percentual desde julho.

O Brent recuou 25% desde que tocou sua máxima em quatro anos no início de outubro e está agora no menor nível desde março.

"Está chegando ao ponto em que não parece ser sobre fundamentos mais, porém um colapso total nos preços", disse Phil Flynn, analista na Price Futures Group.

Operadores disseram que as vendas foram uma extensão da movimentação de segunda-feira (12), acionada depois que o presidente norte-americano Donald Trump postou um tuíte pressionando a Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) a não cortar a oferta.

(Por David Gaffen; Reportagem adicional por Christopher Johnson e Henning Gloystein)