PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Irã detém 17 por fraude cambial, diz agência estatal

25/12/2018 13h48

DUBAI (Reuters) - As forças de segurança do Irã prenderam 17 pessoas acusadas de lucrar com transações cambiais fraudulentas, noticiou a agência de notícias estatal Irna nesta terça-feira, num momento em que Teerã tenta reverter a queda do rial iraniano após a volta de sanções impostas pelos Estados Unidos.

O Irã interviu no mercado cambial e ameaçou especuladores enquanto busca uma recuperação do rial nas últimas semanas, de modo a aliviar a pressão sobre a economia.

Os suspeitos haviam obtido dinheiro em espécie a taxas subsidiadas pelo governo para importar bens, mas em vez disso venderam o dinheiro no mercado não autorizado, disse o Ministério da Inteligência segundo a Irna.

Outras 87 empresas de fachada foram desmascaradas antes que pudessem enviar para fora do país 300 milhões de euros recebidos do governo, segundo a Irna.