PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Com Nehanyahu, Bolsonaro destaca afinidade ideológica com Israel e EUA

28/12/2018 20h15

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente eleito Jair Bolsonaro destacou nesta sexta-feira a afinidade ideológica com Estados Unidos e Israel e afirmou que juntos esses países podem se ajudar e propagar o bem a seus povos.

Em visita a um sinagoga no Rio de Janeiro junto com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, Bolsonaro destacou mais uma vez o desejo de governar o Brasil de forma mais alinhada com nações amigas e que tenham a mesma filosofia.

Esta é primeira vez que um premiê de Israel vem ao Brasil numa visita oficial e Bolsonaro prometeu retribuir a visita até março. Ele já admitiu também admiração pelo presidente norte-americano, Donald Trump, a quem já prometeu uma visita aos EUA no começo de 2019.

“Essa primeira vinda ao Brasil de um chefe de Estado ficará marcada na história, mas a grande marca será sim a nossa afinidade, a nossa aproximação naquilo que faremos juntos", disse o presidente eleito na sinagoga, segundo áudio divulgado pela TV Brasil.

"Juntos mais com outros países como Estados Unidos entre tantos outros que pensam e tem ideologia parecida a nossa temos tudo para nos ajudar e fazer o bem para os nossos povos.”

Um forte esquema de segurança foi montado do lado de fora da sinagoga e até snipers foram posicionados em telhados.

Um grupo de pessoas se concentrou na rua à espera de um contato mas ambos deixaram o local sem conversar com imprensa e populares.

“Foi um clima sensacional e de perfeita harmonia entre o presidente e o Benjamin. Se via que ali há realmente um respeito e uma afinidade”, disse a jornalistas o advogado e economista Boris Sender.

Ele contou que o premiê de Israel também fez um breve discurso traduzido por um rabino, mas não se falou sobre a transferência da embaixada do Brasil em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)