Topo

Premiê da China busca bom começo para a economia no primeiro trimestre

14/01/2019 09h33

PEQUIM (Reuters) - O primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, disse que a China buscará um bom começo para a economia no primeiro trimestre e estabelecerá condições favoráveis para atingir os principais objetivos de 2019, informou a televisão estatal nesta segunda-feira.

Li não deu detalhes das metas, que não serão divulgadas até a reunião anual do parlamento em março.

Os líderes chineses tomaram posições mais pró-crescimento e a expectativa é que mais medidas de estímulo apoiem a economia em desaceleração, atingida por uma guerra comercial com os Estados Unidos.

"Devemos lutar por um bom começo no primeiro trimestre para criar condições para completar as principais metas e tarefas de desenvolvimento para o ano todo", disse Li, segundo a TV estatal.

"O ambiente de desenvolvimento do nosso país está se tornando mais complexo este ano, há mais dificuldades e desafios e a pressão de queda sobre a economia está aumentando", disse ele.

O governo pretende manter o crescimento econômico dentro de uma faixa razoável, impulsionando reformas e abertura, evitando um "estímulo excessivo".

A China alcançou metas econômicas importantes em 2018, que foram "duramente conquistadas", acrescentou Li.

Fontes disseram à Reuters na semana passada que Pequim estava planejando reduzir sua meta de crescimento para 6-6,5 por cento este ano, depois de um esperado 6,6 por cento em 2018, o ritmo mais lento em 28 anos.

(Por Lusha Zhang and Kevin Yao)

Mais Economia