PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Erdogan diz que Turquia cortará taxa de inflação para 6% a 7%

02/03/2019 11h59

ISTAMBUL (Reuters) - O presidente turco, Tayyip Erdogan, disse neste sábado que a taxa de inflação da Turquia cairá para 6 a 7 por cento dos atuais 19 a 20 por cento, mas não esclareceu como pretende alcançar o objetivo.

Fazendo um discurso de campanha eleitoral na cidade de Rize, no nordeste do país, Erdogan não especificou um cronograma para seu plano de combate à inflação.

"As reservas internacionais do banco central turco eram de 100 bilhões de dólares (quando assumimos o cargo)", disse Erdogan. "Nós iremos mais longe com nosso banco central se fortalecendo novamente. A taxa de inflação cairá a 6 a 7 por cento. Uma taxa de inflação de 19 a 20 por cento não nos convém."

A inflação anual ficou um pouco acima de 20 por cento em janeiro e dados de segunda-feira devem mostrar uma ligeira queda para 19,9 por cento em fevereiro, mostrou uma pesquisa da Reuters na quinta-feira.

A incerteza política e a preocupação dos investidores com a política monetária de Erdogan levaram a uma venda generalizada da lira turca em 2018, fazendo com que a moeda caísse quase 30 por cento em relação ao dólar e empurrando a inflação para mais de 25 por cento em outubro.

A inflação tem sido persistentemente alta desde então, mas manteve-se abaixo da taxa de juros, que o banco central subiu 6,25 pontos percentuais, para 24 por cento em setembro.

(Por Sarah Dadouch)