PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Assessor da Casa Branca diz que EUA podem suspender tarifas sobre China como parte de acordo

28/03/2019 12h07

WASHINGTON (Reuters) - O assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, disse nesta quinta-feira que os Estados Unidos podem suspender algumas tarifas sobre a China, enquanto mantêm outras como parte de um mecanismo de cumprimento no acordo comercial entre Pequim e Washington.

Kudlow fez os comentários a jornalistas antes da conferência anual U.S. Export-Import Bank, enquanto a China e os Estados Unidos negociam um acordo comercial para aliviar as tensões entre as duas maiores economias do mundo que já dura oito meses.

"Temos que ver qual é o histórico e não vamos desistir de nossa alavancagem. No entanto, apenas para esclarecer, isso não significa necessariamente que todas as tarifas serão mantidas. Algumas das tarifas seriam mantidas como estão", disse Kudlow.

O representante de Comércio dos EUA, Robert Lighthizer, e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, chegaram a Pequim nesta quinta-feira para uma nova rodada de negociações comerciais com autoridades chinesas. As negociações serão seguidas por uma rodada realizada em Washington na próxima semana.

As negociações marcam a primeira reunião realizada pessoalmente desde que a cúpula entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o presidente chinês, Xi Jinping, para finalizar um acordo no final de março não deu certo.