PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

PETRÓLEO-Preços avançam 1% por aperto na oferta e dados econômicos positivos

12/04/2019 18h14

Por Laila Kearney e Devika Krishna Kumar

NOVA YORK (Reuters) - Os preços do petróleo subiram 1 por cento nesta quarta-feira, à medida que cortes involuntários de oferta em Venezuela e Irã, além de conflitos na Líbia, apoiaram percepções de um mercado mais apertado, enquanto dados otimistas da economia da China reduziram preocupações a respeito de uma queda na demanda.

O mercado petrolífero também seguiu os mercados globais de ações, que avançaram após fortes lucros reportados pelo JPMorgan Chase . O índice do dólar <.DXY> recuou para sua mínima ante o euro em mais de duas semanas, fazendo do petróleo mais barato para compradores de fora dos Estados Unidos.

"As ações estão começando bem a temporada de resultados, e o índice do dólar mais fraco ajuda a reafirmar a confiança no mercado do petróleo", disse Phil Streible, estrategista sênior de commodities da RJO Futures em Chicago.

Os contratos futuros do petróleo Brent avançaram 0,72 dólar, ou 1,02 por cento, e fecharam a 71,55 dólares por barril. Já os futuros do petróleo norte-americano encerraram a sessão em alta de 0,31 dólar, ou 0,5 por cento, a 63,89 dólares o barril.

Ambos os valores de referência registraram um ganho semanal de cerca de 1 por cento, o que representa a terceira semana seguida de avanços para o Brent e a sexta alta semanal consecutiva para o WTI.

Os mercados do petróleo foram alavancados em mais de 30 por cento neste ano por cortes de oferta liderados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e por sanções dos EUA sobre os exportadores Irã e Venezuela, aos quais adiciona-se o crescente conflito na Líbia, país da Opep.

(Reportagem adicional de Henning Gloystein em Cingapura)