PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Tarifa de energia da Ceal no Alagoas terá redução de em média 2,7%, diz Aneel

30/04/2019 14h29

(Reuters) - A distribuidora de energia elétrica Ceal, do Alagoas, terá redução de em média 2,7 por cento nas tarifas a partir de 3 de maio, após ter reajuste tarifário anual aprovado pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta terça-feira.

O reajuste, que é o primeiro aprovado pela Aneel em 2019 a ter efeito negativo sobre as tarifas, foi influenciado entre outros fatores pela privatização da companhia, que foi vendida pela Eletrobras em leilão em dezembro e arrematada pelo grupo Equatorial Energia.

A licitação da elétrica não chegou a ser alvo de disputa, mas as regras do leilão já contemplavam a redução de parte de flexibilizações adotadas para o cálculo das tarifas da distribuidora antes da venda, o que poderia ter levado a uma redução ainda maior de custos caso tivesse havido competição.

Além da privatização, as tarifas da Ceal foram aliviadas ainda pela quitação antecipada pela Aneel de empréstimos tomados entre 2014 e 2015 junto a bancos para segurar reajustes tarifários naqueles anos, cujo custo foi repassado às tarifas desde então.

Ao aprovar o pagamento antecipado de valores pendentes do empréstimo, a Aneel afirmou que o movimento aliviaria os reajustes tarifários deste ano em 4,9 por cento, em média.

A Ceal atende 1,1 milhão de unidades consumidoras em 102 municípios do Alagoas. A empresa teve o controle assumido pela Equatorial em março.

(Por Luciano Costa, em São Paulo)