PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Entregas da Airbus subiram cerca de 28% no 1° semestre, dizem fontes

05/07/2019 09h58

Por Tim Hepher

PARIS (Reuters) - As entregas da Airbus subiram cerca de 28% no primeiro semestre para pouco menos de 390 aeronaves, colocando a fabricante no caminho certo para se tornar maior que a Boeing em 2019, mas criando uma difícil meta de produção para o segundo semestre, disseram fontes da indústria.

O total de 389 entregas - incluindo 227 no segundo trimestre - deixa a fabricante de aviões europeia com cerca de 500 aviões para entregar na segunda metade do ano, a fim de cumprir uma meta anual de 880-890 aviões.

Os números da Airbus no meio deste ano são impulsionados em parte pela aeronave A220, recentemente adquirida da Bombardier.

A Airbus se recusou a comentar. Espera-se que a empresa divulgue as encomendas e entregas do primeiro semestre na segunda-feira. Os números operacionais podem variar antes da publicação, sujeitos a confirmação dos auditores.

A empresa recuperará sua posição como a maior fabricante de aeronaves comerciais do mundo pela primeira vez desde 2011, já que as entregas do Boeing 737 MAX permanecem congeladas após dois acidentes. A Boeing entregou 202 aviões até 31 de maio.