PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Minério de ferro chega a cair 5% na China com retorno parcial de complexo da Vale

24/07/2019 08h34

Por Enrico Dela Cruz

MANILA (Reuters) - Os futuros do minério de ferro na China caíram quase 5% nesta quarta-feira, após a mineradora brasileira Vale ter recebido autorização para retomar parcialmente as operações de seu complexo de Vargem Grande, enquanto o aço teve a sexta sessão consecutiva de perdas.

A Vale disse que a retomada em Vargem Grande deve acrescentar 5 milhões de toneladas em capacidade de produção anual e reafirmou sua projeção para as vendas de minério de ferro e pelotas, o que aliviou preocupações sobre a oferta da commodity, matéria-prima do aço.

A Agência Nacional de Mineração (ANM) havia obrigado a Vale a suspender as operações em Vargem Grande em fevereiro, para garantir a estabilidade de suas barragens, após um colapso mortal de uma barragem da companhia em Brumadinho (MG) em janeiro.

O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa de Dalian, para setembro, chegou a cair 4,7%, para 842 iuanes por tonelada, menor nível desde 8 de julho. Ele fechou com recuo de 2,7%, a 860 iuanes.

O contrato mais negociado do vergalhão de aço em Xangai, para outubro, caiu 1,3%, para 3.899 iuanes por tonelada, após tocar mínima de um mês de 3.878 iuanes mais cedo na sessão.