PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

UE deve agir o mais rápido possível para substituir Lautenschlaeger no conselho do BCE

30/09/2019 11h04

BRUXELAS (Reuters) - Os ministros das Finanças da zona do euro devem agir o mais rápido possível na busca de um substituto para Sabine Lautenschlaeger no conselho do Banco Central Europeu (BCE) após sua renúncia surpresa na semana passada.

Os ministros devem iniciar o longo processo na próxima semana, em um esforço para nomear o sucessor de Lautenschlaeger até janeiro, disseram autoridades da União Europeia (UE) nesta segunda-feira.

Lautenschlaeger, membro alemão do conselho de seis membros do BCE, pediu demissão em meio a críticas às mais recentes medidas de estímulo adotadas pelo banco central.

Duas autoridades da UE disseram que o grupo de ministros das Finanças da zona do euro lançará uma convocação para candidatos em uma reunião mensal regular, em 9 de outubro, dissipando preocupações de que levaria mais tempo para iniciar o processo de substituição.

Os ministros selecionarão seu candidato preferido na reunião de novembro, seguida por uma audiência no Parlamento europeu e nomeação formal dos líderes da União Europeia em uma cúpula regular em dezembro, disseram as autoridades.

A expectativa é que o sucessor de Lautenschlaeger seja alemão e não enfrente concorrência pelo cargo.

A francesa Christine Lagarde substituirá o italiano Mario Draghi como presidente do BCE em novembro.

(Por Francesco Guarascio e Jan Strupczewski)