PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Índice europeu de ações sobe cerca de 23% no ano, mas fraqueja em última sessão

31/12/2019 12h07

Por Sagarika Jaisinghani

(Reuters) - As ações europeias encerraram o último dia de negociações da década em tom mais fraco nesta terça-feira, com investidores travando ganhos após um rali recorde alimentado por otimismo em relação ao comércio e alívio dos temores de uma recessão global.

Em uma sessão abreviada antes das comemorações do Ano Novo, o índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,1%.

As ações na França, no Reino Unido e na Espanha perderam entre 0,1% e 0,7%, enquanto as bolsas de Frankfurt e Milão permaneceram fechadas para o fim do ano.

Ainda assim, o índice de referência registrou seu maior ganho anual desde a crise financeira global, uma vez que o sentimento dos investidores recebeu um impulso em dezembro devido a um avanço nas negociações comerciais EUA-China e sinais de um Brexit mais suave.

Uma política monetária relativamente afrouxada pelos bancos centrais mais influentes do mundo e indicadores econômicos robustos também elevaram as ações globais a recordes este mês.

Para operadores europeus, as nuvens do Brexit estão se reunindo novamente. Investidores também estarão observando a Alemanha em busca de sinais concretos de crescimento econômico, depois que a potência da Europa esteve à beira da recessão neste ano.

No ano, o STOXX 600 saltou cerca de 23%, mas ficou atrás tanto do índice MSCI de ações globais quanto do S&P 500.