PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Boeing considera contrair mais dívidas após crise do 737 MAX

06/01/2020 09h45

(Reuters) - A Boeing está considerando contrair mais dívidas para reforçar suas finanças após a suspensão de seu jato 737 MAX, informou o Wall Street Journal, citando pessoas familiarizadas com o assunto.

A empresa também está avaliando o adiamento de algumas despesas, congelar aquisições e cortar gastos em pesquisa e desenvolvimento para economizar dinheiro, disse a reportagem.

A Boeing não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Reuters.

As ações da fabricante de aviões caíam 1,2%, a 328,80 dólares nas negociações de pré-mercado.

(Por Sanjana Shivdas em Bengaluru)