PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Produção de milho do Brasil deve recuar 1,3% em 19/20, aponta Agroconsult

MARCELO TEIXEIRA
Imagem: MARCELO TEIXEIRA

09/01/2020 15h38

SÃO PAULO (Reuters) - A produção de milho do Brasil deve recuar 1,3% na temporada 2019/20 em relação ao recorde do ciclo anterior, totalizando 101,6 milhões de toneladas, disse nesta quinta-feira a Agroconsult.

A estimativa reflete uma esperada redução da produtividade das lavouras na comparação com o ciclo anterior, quando que as condições para o cultivo do cereal foram excepcionais.

"A produtividade do milho safrinha no ano passado foi ponto fora da curva. Se a gente retornar para a curva, ela seria de 95 sacos por hectare neste ciclo," disse André Pessoa, presidente da Agroconsult.

O chamado milho safrinha, também conhecido como milho segunda safra, é plantado após a colheita da soja e representa cerca de 75% da produção total do Brasil.

Ano passado, o rendimento do milho safrinha foi de 101 sacos por hectare, segundo cálculos da Agroconsult.

"Se (a produtividade) tiver que desviar da linha de tendência, vai desviar 2 ou 3 sacos por hectare e não 10," disse Pessoa.

A Agroconsult afirmou ainda que a área total plantada com milho no Brasil deve avançar 2%, para 17,8 milhões de hectares, enquanto a área da segunda safra, a principal do país, somaria 13 milhões de hectares, crescimento de 3% ante o ciclo anterior.

Mas devido ao menor rendimento esperado para a safrinha, os produtores devem colher um total de 74 milhões de toneladas no ciclo que se inicia --3,6% a menos que na temporada passada.

A redução ocorre diante de expectativas de que o milho segunda safra tenha uma janela climática de plantio menos favorável em relação à temporada anterior, quando os trabalhos puderam ser mais adiantados.

A despeito da esperada queda na produção total de milho, muito utilizado na alimentação animal, haverá cereal suficiente para atender mercados interno e externo, Pessoa afirmou.

(Por Ana Mano)