PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Wall St se recupera com esperança de estímulo de US$2 tri e impulso da Boeing

24/03/2020 12h44

Por Uday Sampath Kumar e Medha Singh

(Reuters) - Wall Street saltava de mínimas de três anos nesta terça-feira, na esperança de um grande estímulo fiscal para atenuar os danos econômicos causados pela pandemia de coronavírus, enquanto as ações da Boeing saltavam após a companhia sinalizar que a aeronave 737 MAX poderá retornar até o meio do ano.

Os três principais índices de ações dos Estados Unidos avançavam mais de 5%, recuperando-se de uma brutal liquidação na sessão anterior, por temores de uma profunda recessão global, à medida que nações inteiras fechavam seus serviços para impedir a propagação do vírus.

As esperanças estão agora na aprovação, pelo Senado dos EUA, de um pacote de estímulo de 2 trilhões de dólares, destinado a fornecer ajuda financeira aos norte-americanos sem trabalho e ajudar setores em dificuldades.

"O estímulo fiscal é absolutamente necessário porque afeta diretamente o consumidor e seus gastos, e é a confiança do consumidor que está impulsionando a economia dos EUA", disse Nancy Perez, gestor sênior de portfólio da Boston Private Wealth, em Miami.

A Boeing --que já foi um símbolo da força do setor manufatureiro dos EUA-- saltava 17%, depois de seu presidente-executivo, Dave Calhoun, dizer que a empresa ainda esperava um retorno "no meio do ano" ao serviço da aeronave 737 MAX.

Enquanto isso, operadores continuavam duvidando de uma recuperação duradoura nos mercados financeiros sem qualquer evidência de um pico no número de novos casos de Covid-19.

Dados divulgados nesta segunda-feira mostraram que a atividade empresarial dos EUA atingiu uma mínima recorde em março, reforçando a visão de economistas de que a economia já está em recessão.

Ainda assim, havia amplos ganhos em Wall Street. O índice de energia do S&P subia quase 10%, maior alta entre os 11 principais setores, acompanhando um aumento nos preços do petróleo.

Às 12:24 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 7,65%, a 20.014 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 6,238938%, a 2.377 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq avançava 5,96%, a 7.270 pontos.

(Reportagem de Uday Sampath e Medha Singh)